• Dia Mundial da Cruz Vermelha e Crescente Vermelho
%PM, %25 %510 %2020 %12:%maio

Sala de Operações Nacional da CVP em altura de pandemia

Por ser uma fase excepcional, a CVP teve de adoptar medidas excepcionais.

Em contexto de Pandemia, a Sala de Operações Nacional (SALOP) da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), sediada em Coimbra, reforçou os seus meios para dar resposta a toda a actividade relacionada com a Covid-19 ao nível nacional. Desde o início da pandemia, a SALOP já mobilizou perto de 600 transportes de ambulâncias e integra, neste momento, o centro de contactos para testes Covid-19, apoiado pela Rolex.

Enquanto responsável pela gestão dos meios e dispositivo dedicado à prevenção e combate à Covid-19, a Coordenação Nacional de Emergência da CVP foi responsável pelo transporte de emergência de 596 pessoas suspeitas de Coronavírus ao nível nacional, desde o início da pandemia de saúde pública em Portugal, com uma média de 13 transportes diários, geridos a partir de Coimbra, pela SALOP. O dispositivo de ambulâncias dedicado ao transporte de doentes suspeitos findou a 22 de abril, mas continua a ser necessário dar resposta ao nível da prevenção e combate do vírus.

Todos os operacionais da CVP que integraram o dispositivo dedicado às operações relacionadas com a Pandemia receberam formação específica, providenciada pela própria Instituição e alargada a outras entidades. Mais de 1600 pessoas participaram nas formações online, com um modelo de ensino à distância que recorre a videochamadas e a criação de uma plataforma digital específica para acesso às formações sobre os procedimentos a adotar. Foi crucial a constante adaptação de procedimentos pela CVP ao longo do tempo, e sempre que necessário.

Para além da responsabilidade de mobilização do dispositivo de transportes da emergência a SALOP integra, atualmente, o Contact Center Rolex. Três opreacionais da CVP,  de uma equipa de seis pessoas com rotatividade por turnos, encontram-se em permanência nesta Estrutura. Estes elementos esclarecem gerem a linha telefónica para marcações e informações sobre os testes na Unidade de testes COVID da CVP, em Lisboa.

O Coordenador Nacional de Emergência da CVP, Gonçalo Órfão, explica que “a fase actual exige, a cada dia, uma capacidade de adaptação aos novos desafios, mas a CVP não só vai continuar na linha da frente na prevenção e combate à Pandemia, como também já está a preparar o dispositivo de combate aos incêndios, no cumprimento da sua Missão Humanitária”. 

 

IMG 20200514 104416

Powered by jms multisite for joomla