• Dia Mundial da Cruz Vermelha e Crescente Vermelho
%PM, %09 %683 %2020 %15:%Mar.

Unidade modular de isolamento da Cruz Vermelha Portuguesa já se encontra em funcionamento

A pedido do Hospital Santa Maria, a Cruz Vermelha Portuguesa montou, ontem, uma unidade modular de isolamento para situações de suspeita e/ou confirmações de pessoas com doença de Coronavírus. 

Os três módulos hospitalares, instalados junto à Urgência do Hospital, entram hoje em funcionamento para prevenção de contágio de doentes que, pelas mais diversas razões, se dirigem à Urgência do Hospital Santa Maria. O objectivo passa por diminuir, ao máximo, o contágio de pessoas portadoras do vírus às restantes. 

A Cruz Vermelha Portuguesa dispõe os seus meios ao serviço do Estado pelo seu cariz institucional de interesse público, estando, naturalmente, em articulação directa com os demais Agentes de Protecção Civil, nomeadamente o INEM. 

Neste momento, a CVP garante:  

1.       Transporte de doentes e de casos suspeitos (neste momento 7 equipas dedicadas, em prontidão absoluta, que já asseguraram dezenas de transportes);

2.       Máscaras cirúrgicas destinadas ao INFARMED (2,1 milhões de unidades);

3.       Máscaras FP2 (20 mil unidades disponíveis para a Reserva Estratégica Nacional do INFARMED);

4.       KITS Equipamentos de Protecção Individual preparados na Coordenação Nacional de Emergência em Coimbra;

5.       Fornecimento de módulos hospitalares de campanha para triagem e isolamento de doentes e suspeitos (Hospital de Santa Maria);

6.       Participação em iniciativas de Comunicação de Risco;

7.       Formação e treino a todos os Coordenadores de Emergência das Delegações CVP e preparação de Voluntários das equipas de transporte de doentes;

8.       Implementação do Plano de Contingência do Hospital da Cruz Vermelha;

9.       Participação na Comissão Nacional de Protecção Civil (Gonçalo Órfão);

10.   Participação no Conselho Nacional de Saúde Pública (Francisco George e Gonçalo Órfão).

Powered by jms multisite for joomla